Pages

Subscribe:

outubro 12, 2010

Gestos simples

  Quero fugir pra um lugar insignificante, deitar numa grama um pouco antes do anoitecer, olhar o pôr do Sol, olhar aquelas nuvens que você gostava de falar o que elas se pareciam, e ver todas aquelas cores que um dia você disse serem lindas, e de repente elas se misturam e tudo se apaga, começam a aparecer pontos brilhantes no  céu, os quais nós contávamos até pegarmos no sono. E quando você dormia, eu gostava de ficar segurando meu sono, só para poder ver seu lindo sorriso, com um jeito meio bobo e contente, e você se acolher ao calor do meu corpo. O sorriso do meu rosto não sumia, não parecia precisar de mais nada ali. Estava com você, era tudo o que eu precisava para não tirar esse sorriso do rosto. Depois de não conseguir segurar mais meu sono, eu deitava ao teu lado e gostava de brincar com seu rosto, beijar teus olhos e só te dizer uma sutil, boa noite. Umas vezes uma lágrima caía uma lágrima em seu sorriso e você acordava e me perguntava o que tinha acontecido, e eu só começava a te olhar e fazer carinho em seu rosto, e dizia que não era mais uma simples noite que acontecia ali.

Marcus James

2 comentários:

  1. Nossa!!!!! Amei o post. Escreves muito bem Marcus, sabia?

    Te seguindo no twitter...

    ResponderExcluir